Nasce o 3º Pingüim de Magalhães do Acqua Mundo

 

Nasce o 3º pingüim de Magalhães do Acqua Mundo

Nasce o 3º pingüim de Magalhães do Acqua Mundo

O Acqua Mundo, aquário de Guarujá, ganhou mais um ilustre morador. Na última segunda-feira (28), nasceu o primeiro pingüim de Magalhães desta temporada reprodutiva. Este é o terceiro animal da espécie que nasce no aquário, e o quarto registro de nascimento em aquários do país. A equipe técnica do Acqua Mundo espera que outros nascimentos ocorram nos próximos dias, pois este mesmo casal ainda choca mais um ovo, e outros dois casais fazem a postura de dois ovos cada.

O biólogo Rafael Santos, que acompanha anualmente as temporadas reprodutivas, está confiante com o saldo deste ano. “Este nascimento é importante para reforçar o trabalho sério que é realizado no aquário. Os pinguins da nossa colônia têm em seus históricos algo em comum que é o fato de terem sido encontrados nas praias da região muito debilitados, e em alguns casos até sem expectativa de vida. Quando um novo filhote nasce ficamos extremamente contentes por ter a certeza de estarmos fazendo o correto”, fala Santos.

O novo pingüim permanece no ninho na companhia constante dos pais que se revezam para alimentá-lo e manter sua temperatura, já que nesta fase o jovenzinho não produz o calor suficiente para se aquecer.

Visando a própria segurança do recém-nascido, a equipe técnica do aquário isolará o ninho da família com uma barreira de espuma, impedindo assim que, caso ele saia do ninho, seja pisoteado ou venha a cair na água. Após os três primeiros meses de vida, o filhote deve passar por procedimentos padrões de pesagem e biometria para acompanhamento de sua saúde.

Histórico – O segundo pingüim de Magalhães nascido em um aquário no país foi fruto de um casal criado no Acqua Mundo. O filhote, atualmente considerado adulto nasceu no ano de 2008. Dois anos depois, nascia um novo filhote.

 

Curiosidade – A espécie de Magalhães habita as costas da Patagônia Argentina e Chilena e Ilhas Malvinas (Falkland) em colônias que podem chegar a ter um milhão de aves, o peso pode variar entre 3,5 kg e 4,5 kg. A expectativa de vida em cativeiro é de aproximadamente 12 a 14 anos. As fêmeas atingem a maturidade sexual os entre os cinco e seis anos. Já os machos estão prontos para reprodução quanto atingem o sexto ou sétimo ano de vida.

 

 

Amanda Gonzaga.

MTb 67.077

 

 

 

Visita Ilustre

Hoje estamos recebendo a visita de nossa  ex-treinadora e “mãe” do Bebê (lobo-marinho): Rosana Rodrigues.

Hoje em dia ela trabalha no Instituto Mamíferos Aquáticos, uma ONG*, em Salvador (BA).

Sinto muita saudade dele!

 

 * O Instituto Mamíferos Aquáticos é uma organização não-governamental sem fins lucrativos fundada em 1995 na cidade de Salvador, Bahia. O objetivo do instituto é a pesquisa e a conservação dos mamíferos aquáticos e dos ecossistemas costeiros no litoral dos estados da Bahia e Sergipe.

Roskana no horário nobre

Do G1

Polvo brasileiro dá palpite: Leonardo será o técnico da seleção

Será que Roskana, o polvo do Guarujá, tem as mesmas habilidades do primo Paul, o polvo-profeta da Alemanha?
Muito longe de Oberhausen, na Alemanha, no Guarujá, litoral de São Paulo, surge um novo concorrente ao posto de polvo vidente: a incrível Roskana.
Roskana nunca arriscou adivinhar nada, e pode inclusive ser macho. Mas isso é só um detalhe. O tratador garante que o polvo é inteligente.
“A gente põe um pote com comida viva dentro e ele tem a habilidade de abrir esse pote e se alimentar dessa comida”, conta o

O Polvo vidente brasileiro

Leonardo é renovação.

tratador Jayson Russ.
A missão de Roskana agora é prever qual será o novo técnico da seleção brasileira. Os candidatos mais populares são Leonardo, Felipão, Mano Menezes e Ricardo Gomes.
Assim como Paul, lá na Alemanha, Roskana também deve ser atraída por um destes deliciosos mexilhões. Mas qual?
Os quatro concorrentes são postos diante do mais novo oráculo brasileiro. E sabe o que acontece? Nada.
“A gente alimenta o polvo três vezes por semana, e infelizmente ele comeu no dia anterior”, explica o tratador.
Roskana: em nome do futuro da nossa seleção, do sonho do hexa, faz uma forcinha.
E lá vai ela, ou ele, sei lá. E o novo técnico da seleção, pelo jeito, vai ser o Felipão. Opa, mudança de última hora. O grande eleito foi o Leonardo!
Será que a voz do polvo é a voz de Deus?

Cursos nas férias

Se você é estudante de Biologia ou se interessa pela assunto venha participar dos Cursos de Férias do Acqua Mundo.

– EDUCAÇÃO AMBIENTAL – 6 a 10 de julho.
– COMPORTAMENTO ANIMAL – 21 a 23 de julho.
– MANEJO DE ANIMAIS – 26 a 30 de julho.

Mais informações: falar com Rossana – (13) 3398.3007 ou Sílvia – (13) 3398.3014.

“Agosto Louco” no Acqua Mundo

Você professor (a) ou diretor(a) de escolas públicas do Litoral aproveite esta chance! 

O Acqua Mundo, maior aquário da América do Sul, traz mais uma vez, durante todo o mês de agosto, preços promocionais na visita monitorada para a Rede Pública de Ensino do Litoral Paulista. É a promoção “Agosto Louco”. 

O aquário com as mais de 230 espécies de animais e 49 recintos, oferece para os alunos das cidades de Cananéia, Guarujá, Santos, São Vicente, Praia Grande, Itanhaém, Iguape, Ilha Comprida, Mongaguá, Peruíbe, Cubatão, Bertioga, São Sebastião, Ilha Bela, Caraguatatuba e Ubatuba, a oportunidade de verem na prática o que foi aprendido em sala de aula ao receberem informações 

Alunos assistem a alimentação dos pinguins

 

sobre educação ambiental e comportamento animal marinho. 

Para complementar a visita o aquário possui atividades diferenciadas, como palestras, oficinas infantis, trilha ecológica, programa para deficientes visuais, passeio de barco no manguezal e o Acampacqua (acampamento no aquário). 

As visitas monitoradas devem ser agendadas e custam neste mês apenas R$ 3,00 para alunos e professores. Já as atividades complementares não entram na promoção.

Tubarão-baleia

27/05/2010 – 10h35

Tubarão-baleia ressurge nas Filipinas

DA EFE

O tubarão-baleia, um animal de grande porte, pacífico e em perigo de extinção, está ressurgindo nas Filipinas graças a projetos de conscientização sobre a necessidade de conservação das espécies marinhas.

Vários exemplares da espécie foram avistados na ilha de Bantayan no Mar de Visayas, nas Filipinas, uma das áreas com maior concentração de espécies marinhas do mundo.

O animal, acostumado a viver sem inimigos devido a seu tamanho, é caçado e transformado em sopa em restaurantes de Hong Kong e Taiwan, embora sua pesca seja proibida nas Filipinas.

Os programas de recuperação reduziram as capturas ilegais e agora se concentram na regeneração do ecossistema, essencial para a recuperação da população de tubarões-baleia nas águas do arquipélago.

Em 2007, a Batis Kalisan, com o apoio da empresa mexicana Cemex, que adotou o tubarão, iniciou uma Escola Móvel dos Mares para conscientizar os pescadores da necessidade de conservar o mar, habitat do tubarão.

Membros da escola percorrem ilhas próximas a Bantayan em um navio, tentando persuadir pescadores a evitarem a pesca de tubarões jovens e a não empregarem métodos destrutivos como a dinamite.

“Alguns utilizam jaulas iluminadas para atrair peixes à noite, mas desse modo pescam os grandes e os pequenos”, explica Antonio Oposa, fundador da Batas Kalisan.

Entre 1945 e 2007, o uso generalizado de dinamite para pesca na área provocou a perda de entre 30% e 50% dos recifes, incluindo valiosas espécies de coral que estão à beira da extinção.

“Há 500 tipos de corais no mundo, e 488 estão nas Filipinas. A metade deles só é encontrada em Bantayan. Nos dois hectares em frente a esta ilha temos mais espécies de corais que em todo o Mar do Caribe”, afirma Oposa.

Um desses corais endêmicos das Filipinas é o coral azul, que corre sério risco de desaparecer e que a Batas Kalisan começou a replantar nos fundo do mar da região, usando uma rede para protegê-lo de predadores.

Oposa está convencido de que esta regeneração ecológica, com a recuperação do tubarão-baleia como elemento mais visível, permitirá o desenvolvimento econômico da área através do turismo.

“É um paradoxo que as comunidades mais pobres das Filipinas estejam no litoral, junto às águas mais ricas do planeta. Temos que mudar isto”, afirma.

Daqui

Uma década

Eles chegaram filhotinhos

O Acqua Mundo nasceu dia 22 de dezembro de 2000. Logo, logo, estará fazendo aniversário. Uma década! Vários de nossos animais nasceram junto com ele ou chegaram aqui bem pequenininhos. É o caso dos Pirarucus, estes gigantes da Amazônia. Eles são considerados o bacalhau brasileiro! Enormes e lindos chama a atenção o trio que temos em exposição. Venha conferir.